As 3 modalidades do financiamento coletivo têm o mesmo objetivo: arrecadar dinheiro para financiar uma ideia! Mas, é claro, cada uma funciona de uma forma:


Tudo ou Nada

Para projetos que precisam de um valor mínimo para acontecer.

Caso contrário, não precisa se preocupar. Os benfeitores recebem o dinheiro de volta e você não assume nenhum compromisso. Nós cuidamos de tudo.

Você oferece recompensas para os apoiadores e recebe o valor arrecadado ao final do projeto, caso a meta seja alcançada.

Flex

Para vaquinhas, campanhas de doação ou projetos onde qualquer valor faz a diferença. O projeto não precisa bater a primeira meta para receber o valor arrecadado ao final da campanha. Ou seja, o realizador(a) recebe todo o valor que entrar (descontando as taxas da campanha, é claro).


Você pode oferecer as recompensas, mas elas não são obrigatórias.


Recorrente

Para iniciativas que querem receber mensalmente de seus apoiadores.

Eles se tornam assinantes da sua campanha e você recebe o valor arrecadado todo mês, direto na sua conta bancária.
É ideal para quem quer gerar uma relação de longo prazo em projetos contínuos que buscam por uma sustentabilidade financeira. Ou seja, ao invés de colaborações pontuais, os pagamentos são realizados mensalmente pelos assinantes.

Encontrou sua resposta?